• outubro 29, 2020

Ação da 22ª CIPM flagra comercialização de animais silvestres em Simões Filho

 Ação da 22ª CIPM flagra comercialização de animais silvestres em Simões Filho
Compartilhe

A 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em ação conjunta com a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA), flagrou neste domingo, 24, em Simões Filho, na Paulo Souto, a comercialização de animais Silvestres.

Ascom/22ª CIPM

A ação partiu de denúncias anônimas feitas à Central de Atendimentos e Informações, a informação era que pássaros silvestres estariam sendo comercializados em galpão, com aglomeração de pessoas.

Segundo informações da 22ª CIPM “as guarnições se deslocaram até o local, onde se depararam com vários indivíduos em posse de gaiolas, pássaros e outros  objetos. Prontamente, fora solicitado o apoio da COPPA- Companhia de Polícia de Proteção Ambiental. Por fim, vinte e uma pessoas foram conduzidas a 22ªDT, para medidas cabíveis.”

Lei de Crimes Ambientais – Lei 9605/98.

Art. 29. Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida:

Pena – detenção de seis meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas:

 III – quem vende, expõe à venda, exporta ou adquire, guarda, tem em cativeiro ou depósito, utiliza ou transporta ovos, larvas ou espécimes da fauna silvestre, nativa ou em rota migratória, bem como produtos e objetos dela oriundos, provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

Redação

redacao@tomenoticia.com.br

Matérias Relacionadas